para empresas/entidades de agua y saneamiento

NOTICIAS

Investimento de R$ 48 milhões amplia abastecimento de água no Litoral
Com um investimento de mais de R$ 48 milhões, o governo do Estado inaugurou nesta sexta-feira (3) a ampliação do sistema de abastecimento de água em Capão da Canoa. A obra, executada pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), aumentou a capacidade de tratamento de 420 para 650 litros por segundo, beneficiando 350 mil pessoas em Capão da Canoa, Xangri-lá e veranistas. 
O governador José Ivo Sartori afirmou que a ampliação proporciona saúde e qualidade de vida à população. "Quando o governo conclui uma obra, devemos destacar não só a parte visível, mas o significado que isso tem na vida das pessoas. Afinal, estamos falando de 350 mil moradores e visitantes. Precisamos pensar lá na frente, no futuro, na sustentabilidade e no fortalecimento da região", destacou.
Para o secretário de Obras, Saneamento e Habitação, Gerson Burmann, o aumento da capacidade de atendimento é uma conquista para o Litoral Norte. "É um investimento de grande importância para a região. Hoje, garantimos a qualidade de vida de toda a população de Capão da Canoa e arredores", ressaltou.
"Devido ao crescimento do município, sentimos a necessidade de melhorar o atendimento. A estação ganha materiais novos e mais segurança no fornecimento. Ou seja, é algo que vai ficar para as próximas gerações. Não inauguramos uma obra só para o verão, mas para os próximos 50 anos", garantiu o presidente da Corsan, Flávio Ferreira Presser.
Água para todos
O projeto compreende a construção de adutoras e elevatórias de água bruta e água tratada, três reservatórios elevados e ampliação da estação em 45.929 metros quadrados. A ação integra o plano de obras da Corsan no Litoral, que reúne cerca R$ 250 milhões para o tratamento de água e esgoto nos municípios de Imbé, Guarany e Capão da Canoa, além da modernização das Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) em Tramandaí e Xangri-lá.
A companhia também está investindo R$ 470 milhões em sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário em Torres, Arroio do Sal, Capão da Canoa, Xangri-lá, Santo Antônio da Patrulha, Osório, Imbé, Tramandaí, Cidreira, Capivari do Sul, Palmares do Sul e Mostardas.
Participaram o deputado Gabriel Souza, o prefeito de Capão da Canoa, Amauri Germano; o prefeito de Torres, Carlos Alberto Matos de Souza; o prefeito de Pinhal, Alex Lopes; o prefeito de Terra de Areia, Aluísio Teixeira; o vice-prefeito de Xangrilá, Érico Jardim; o vice-prefeito de Santo Antônio da Patrulha, José Francisco da Luz; e o prefeito de Imbé, Pierre Emerim.